SOLICITAR PROPOSTA

PRONTO!

Seu formulário foi enviado com sucesso, aguarde nosso contato!

ERRO!

O(os) campo(os) marcados não foi (foram) preenchido(os) corretamente.

ERRO!

Aceito Receber Comunicação via Email

Aceito Receber Comunicação via Celular

Novidades

03

Feb

Pneus: Entenda suas funções e quando dar atenção à eles

Pra que serve?
Parece uma pergunta boba, mas não é. Vamos entender por quê.
Para que o veículo se desloque, as rodas precisam ter contato com o piso, mas sem escorregar. O pneu tem a função de “grudar” no chão, e permitir que isso aconteça.
Se somente isso bastasse, seria bem simples não é mesmo?
Mas existem mais detalhes importantes para que essa função do pneu seja respeitada.
Sabe aqueles riscos que ficam na área de contato do pneu, com o chão? Aquelas ranhuras servem para retirar o excesso de água que pode ficar entre o pneu e o piso. Se essa água não for retirada com eficiência, pode acontecer a tal da aquaplanagem. Resumindo e simplificando essa “palavrinha”, quando você passa em uma poça d’água, o seu pneu (quando em bom estado), retira o excesso de água e mantem seu carro “no chão”, do contrário, a sua direção ficaria completamente sem função, e por exemplo, se você precisar desviar de qualquer objeto ou outro veículo, seu carro não vai respeitar o seu desejo.

Porque gasta?
Infelizmente não tem jeito, por melhor que seu carro seja cuidado, um dia, os pneus vão ter de ser substituídos, pois são peças de desgaste natural (assim como pastilhas e discos de freio, embreagem, etc – Ocorre em função de atrito), mas existem vários sinais que te indicam quando é a hora certa de trocar e existem vários meios de se aumentar sua vida útil ao máximo. Aqueles riscos do pneu tem um limite de desgaste. Quando este limite é alcançado, é o momento em que o fabricante recomenda a sua troca. No meio técnico, as pessoas chamam este indicador de TWI (do inglês Tread Wear Indicator), que em português quer dizer Indicador de Desgaste da Banda de rodagem.
Os pneus se desgastam por algumas questões, que indico abaixo:
– Pressão de calibragem fora da especificação (maior ou menor);
– Falta de alinhamento de direção periódico;
– Modo de condução.
Quando você coloca pressão demais, o centro da área de contato com o chão se desgasta mais no meio. Já quando há pressão de menos, as laterais da banda de rodagem se desgastam antes do normal. Se você não costuma alinhar o seu carro de tempos em tempos, o desgaste pode ter várias formas diferentes.
Procure calibrar os pneus quando eles estiverem frios, pois com o aumento de temperatura, a pressão interna terá variação e o equipamento calibrador pode ter uma leitura inadequada.

Como faço para os pneus durarem mais?
Mantenha seu veículo nas melhores condições, para os problemas que eu citei acima, e você vai ver como vai economizar um bom dinheiro, por um tempo.
Veja a pressão correta dos pneus, para a condição em que você vai usar seu carro. Isso mesmo…se você anda com seu carro cheio de gente e carregado, a pressão tem de ser maior, mas se usa ele sozinho, a pressão considerada deve ser para veículo vazio. Normalmente, os fabricantes de pneus recomendam a verificação de pressão ao menos uma vez por semana.
Se você nota que ao fazer uma curva de baixa velocidade, os pneus “cantam”, como no ditado popular, ou se o seu volante fica meio torto, mesmo quando você está andando em linha reta, essa é a hora de se fazer um bom alinhamento. Claro, se caso você foi viajar ou saiu com o carro e passou em algum buraco expressivo, confira o alinhamento, pois mesmo sem alguma destas percepções acima, o carro pode estar desalinhado. As casas de alinhamento, alguns fabricantes de veículos e de pneus, recomendam a verificação com o intervalo de ao menos 5000 km, mas não hesite em verificar, se perceber algum comportamento estranho quando está dirigindo.

O modo de condução é de cada motorista, mas nem preciso explicar muito. Se mesmo com o carro alinhado e pneus calibrados, você for considerado um piloto de corridas e fizer todas as curvas com os pneus “cantando”, isso significa que eles estão se desgastando e isso em breve vai pesar no seu bolso.
Faça rodízios periodicamente (preferencialmente quando alinhar o carro). O rodízio de pneus radiais (maioria dos pneus modernos) é feito em paralelo, onde os pneus traseiros são colocados na dianteira e vice-versa (Salvo quando pneus de medidas diferentes), sem muda-los de lado. Isto permite que eles pneus se desgastem por igual e é aí que está a vantagem. Conheço amigos que ficaram com os pneus originais de seus carros, por mais de 50000 km por fazerem a manutenção correta e o rodízio no tempo certo.

Preciso trocar meus pneus, qual devo colocar?
Dou mais detalhes desta informação em um post específico sobre rodas, mas basicamente, tome cuidado com as medidas do pneu. A alteração do diâmetro total do conjunto pode influenciar em outros sistemas que seu carro possui (variação de velocímetro, funcionamento incorreto de freios ABS, luzes acesas no painel, etc).

FONTE: http://entendaseucarro.com.br/entenda-os-pneus-do-seu-carro/